Edital do concurso TJ-TO deve sair só em 2020

edital do concurso tj-to deve sair só em 2020

Com a possibilidade do edital do concurso TJ-TO (Tribunal de Justiça do Tocantins) sair apenas no ano que vem, também há espera de o certame ofertar ao menos 30 vagas, direcionadas aos níveis médio e superior

Para quem já estava estudando para o concurso TJ-TO (Tribunal de Justiça do Tocantins), o edital deverá sair apenas em 2020. O motivo é que o certame ainda depende de publicação do extrato de contrato com a banca organizadora. Este procedimento é esperado desde 24 de junho, quando o TCE-TO (Tribunal de Contas do Tocantins) deu aval para que fosse firmado o compromisso com o Cebraspe. No entanto, isso ainda não ocorreu.

Segundo as últimas informações anunciadas pelo órgão, a contratação continua suspensa, aguardando decisão do TCE-TO. Porém, dizem que assim que autorização sair, a oferta de cargos deverá ser remanejada, conforme necessidades e condições orçamentárias.

O TCE-TO estipulou que o TJ-TO realize um estudo sobre o impacto financeiro da contratação da banca e recalcular o índice de custos com pessoal, na intenção de não ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal.  

Concurso TJ-TO – preparativos

O concurso TJ-TO iniciou seus preparativos em 2018. Porém, a organização foi suspensa em virtude de uma ação movida pelo Ministério Público do Estado (MP TO) questionando a dispensa de licitação para a contratação da banca organizadora. A ação tinha por objetivo anular a contratação, atestando obrigatoriedade constitucional em promover processo licitatório. Este ato não costuma ser considerado na prática, e não é adotado em inúmeros certames, já que tem em vista a possibilidade de dispensa de licitação.

No entanto, conforme o que vigora na lei 8.666/93, a dispensa só é possível em caso de contratação de instituição brasileira incumbida em atividade de pesquisa, ensino ou desenvolvimento institucional.

Vagas

No concurso TJ-TO estão previstas 30 vagas imediatas, sendo 20 para o cargo de técnico judiciário e dez para analista judiciário, além de formar cadastro reserva de pessoal para todos os cargos, e também para a carreira de oficial de justiça avaliador.

Nas oportunidades para técnico é preciso que o candidato possua ensino médio. Já para o cargo de oficial de justiça aviador, é necessário ter o diploma de graduação superior, que varia conforme com a área pretendida. Os salários iniciais são de R$ 8.293,75 para os técnicos, R$ 13.076,31 para analistas e R$ 16.206,81 para oficial de justiça avaliador.

Para os técnicos, as vagas serão para as carreiras de: apoio judiciário e administrativo (12 vagas e cadastro reserva), informática (CR), programador de computadores (8 + CR) e técnico de enfermagem (CR).

No caso dos analistas, as oportunidades serão para: direito (1 + CR), adminsitração (CR), ciências da computação (1 + CR), serviço social (1+CR), ciências contábeis (1 + CR), arquitetura (1 +CR), pedagogia (1+CR), engenharia civil (1+CR), engenharia elétrica (1 + CR), estatística (1 +CR), psicologia (1 + CR),  medicina/cardiologia (CR), medicina/clínica médica (CR), medicina/ortopedia (CR), medicina/psiquiatria (CR), enfermagem (CR) e fisioterapia (CR).

Para oficial de justiça avaliador, o concurso TJ-TO será apenas para formar cadastro reserva de pessoal.

Concurso TJ-TO – como foi a última seleção

O último concurso TJ-TO aconteceu há mais de dez anos, 2008, quando foram ofertas 186 oportunidades, sendo 73 para o quadro de pessoal e 113 para notários de cartórios.

Na ocasião, a banca organizadora foi a Fundação Universa e as vagas foram para os cargos de analista judiciário; analista técnico com especialidade em ciências da computação; técnico judiciário oficial de justiça avaliador; técnico judiciário escrivão; notários; assistentes técnicos – assistência à editoração; assistente técnico – programação de computadores; motorista; técnico judiciário – contador/distribuidor; técnico judiciário – escrevente; técnico judiciário – porteiro de auditório/depositário; auxiliar de serviços gerais e auxiliar técnico administrativo.

Fonte: JC Concursos

*Foto: Divulgação