Servidores aposentados serão contratados pelo INSS para fazer home office

Órgão público vai estipular o home office a mais de 8 mil servidores aposentados com o intuito de liberar a fila de benefícios em meio à pandemia do novo coronavírus

Durante a pandemia do novo cornavírus (Covid-19), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deve realizar a contratação de servidores aposentados para trabalhar em esquema de home office, para que assim dê andamento à fila de espera de 1,2 milhão de benefícios com análise em atraso.

Home office para aposentados durante a pandemia

O instituto está em fase de preparação de um edital, que deve sair em breve, que visa a possibilidade do teletrabalho para funcionários do órgão público que estão aposentados e ainda trabalho presencial para militares da reserva, que vão trabalhar nas agências, quando houver a reabertura ao público. No total, devem ser contratado 8 mil funcionários.

Em nota, o INSS diz que os “aposentados da carreira do Seguro Social serão contratados no regime de teletrabalho, para atuação exclusiva na análise de benefícios. Os demais aposentados e militares inativos, que trabalharão no atendimento, serão selecionados e só começarão a trabalhar após o fim do estado de calamidade causado pela Covid-19, tão logo o atendimento ao público seja retomado nas agências do INSS”.

Por enquanto, há uma estimativa de que as unidades reabram no mês de maio. O fechamento foi estipulado até o dia 30 de abril, como medida de contenção ao avanço da Covid-19. A ideia do governo é fazer com que idosos e doentes, que normalmente procuram as agências, não estejam no foco de exposição do vírus.

Além dessa proposta do INSS de home office a aposentados, a Câmara dos Deputados estuda ainda cortar salários de servidores para também ajudar na pandemia do coronavírus.

Atraso dos benefícios

De acordo com os últimos dados da Previdência, a fila de benefícios em atraso está em aproximadamente 1,2 milhão. Os atrasos se referem a casos em que a análise demora mais de 45 dias para ser concluída.

Já o estoque completo de benefícios do INSS é de 1,8 milhão de solicitações. O índice considera dados de 27 de fevereiro, o que inclui também os benefícios previdenciários e assistenciais.

Entre as intenções do órgão está a expansão das concessões automáticas. Em 2019, estas chegaram a 1,1 milhão e, em 2020, já atingiram quase 200 mil.

Como será o pagamento em esquema home office

De acordo com Leonardo Rolim, secretário de Previdência, em uma entrevista, foi dito que a remuneração dos servidores aposentados seria por produtividade ou salário mensal fixo.

Além disso, para a função que envolva a liberação de benefícios de modo automático serão aceitos apenas servidores aposentados que, na ativa, já desempenhavam tais atividades.

Para cada processo de análise de benefício concluído será paga uma bonificação de pouco mais de R$ 57.

Fonte: Folha de Pernambuco

*Foto: Divulgação

Corte nos salários de servidores pode ajudar na pandemia da Covid-19

Rodrigo Maia defende corte de 20% de salários dos servidores públicos e reforça que medida não atingiria quem ganha menos e os que estão na linha de frente ao combate da Covid-19

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, mencionou hoje (24) sobre uma proposta para combater a disseminação do novo coronavírus.

Sendo assim, ele sugeriu que os três Poderes discutam uma redução de até 20% nos salários de servidores públicos. À rádio Bandeirantes, Maia afirmou que a proposta deve ser avaliada nos próximos dias.

Como a redução do salário dos servidores pode ajudar a conter a Covid-19

Na opinião de Rodrigo Maia, a redução dos salários dos servidores não indicará falta de estabilidade:

“Agora, os servidores públicos, seja aqueles concursados ou eleitos, todos têm uma estabilidade. Nesse momento, nada mais justo que a gente possa ir dialogando, sem parecer uma coisa oportunista.”

E ressaltou que “aqueles que estão trabalhando de forma remota, que podem dar uma colaboração, é importante.”

Porém, o presidente da Câmara dos Deputados deixou claro que a medida não atingiria os trabalhadores que recebem menos e nem os que estão na linha de frente no combate à pandemia da Covid-19.

Dias atrás, o Tesouro Nacional, juntamente com o Banco Central, tomaram medidas geradas pela pandemia de coronavírus, entre as quais a realizações de leilões extraordinários.

Justificativas para a medida esboçada em bilhões de recursos poupados

Segundo Rodrigo Maia, as remunerações pagas aos servidores dos três Poderes compreendem a quantia de R$ 200 bilhões por ano:

“Têm salários mais baixos, têm salários mais altos, acima da média dos 10% que ganham mais no Brasil.”

Com isso, é possível reduzir este montante:

“Então, eu acho que a gente consegue uma economia, se você olhar uns R$ 18 bilhões por mês, se você tirar 15% a 20%, você vai ter uma economia de três meses que ajuda.”

A partir das informações citadas pelo deputado federal, tal medida do governo levaria a uma economia mensal que poderia chegar ao valor de R$ 3,6 bilhões.

“Mas tem certas horas que não é só o valor, é o simbolismo dado daqueles que têm uma proteção maior e que estão colaborando com a sociedade brasileira.”

Fonte: UOL Concursos

*Foto: Divulgação

Serasa de Blumenau abre 50 vagas de estágio em tecnologia

Serasa irá avaliar estudantes do 3º ao 8º semestre de cursos voltados à área de tecnologia e que já tenham algum conhecimento em linguagens e tecnologia de ponta

O Serasa Consumidor, na cidade de Blumenau, em Santa Catarina, está com vagas abertas para seu programa de estágio, destinado à área de tecnologia, no escritório catarinense. Por meio de um desenvolvimento interno, a empresa pretende formar profissionais qualificados, diminuindo assim o tempo de aprendizagem. Para atingir o objetivo, o programa mistura prática com mentorias, além de intensivos de desenvolvimento.

Serasa – quem pode participar

O Serasa irá avaliar estudantes do 3º ao 8º semestre de cursos voltados á área de tecnologia e que já possuam algum conhecimento (mesmo se for básico) em linguagens e tecnologia de ponta, entre os quais: Angular, Java, Koltin, Node.js, Python, PHP, React Native, React e Swift.

Sobre isso, o gerente de people do Serasa Consumidor, Daniel Klein Ebbesen, esclarece sobre a necessidade de investimento em formação de profissionais de tecnologia como forma de driblar a escassez de mão de obra deste segmento:

“Estamos com mais de 50 vagas abertas e disputando profissionais qualificados com todo o mercado. A formação de jovens e a aceleração de suas carreiras é uma ótima alternativa para qualificar um profissional e moldá-lo rapidamente à cultura da empresa.”

Rotina dos estagiários do programa

Os selecionados para participar do programa terão a oportunidade de trabalhar no maior portal de negociação de dívidas do Brasil, o Serasa Limpa Nome, com a possibilidade de efetivação e/ou job rotation a cada seis meses para os outros produtos da empresa, como afirma Ebbesen:

“É uma grande oportunidade de aprendizado e de ver o resultado de seu trabalho impactando a vida de muitas pessoas, em uma empresa com propósito claro e com espírito de startup, com metodologias ágeis e visibilidade internacional.”

Inscrições do programa do Serasa Consumidor

Os estudantes interessados poderão se inscrever no Programa de Estágio Serasa Consumidor 2020 até o próximo dia 23 de março, exclusivamente por meio do site da empresa.

O pacote salarial do programa varia de R$ 1.300 à R$ 1.600, conforme o semestre que estudante se encontra. Os selecionados também contarão com benefícios, como: Plano de Saúde, Plano Odontológico, Vale Transporte, Vale Refeição e Gympass. Já a carga horária de trabalho é de 30 horas semanais, desempenhadas em horário comercial.

Fonte: JC Concursos

*Foto: Divulgação

Prefeitura de Caeté MG divulga edital com 149 vagas

Concurso Prefeitura de Caeté MG tem prazo de inscrição entre 4 e 20 de maio; com cargos destinados a todos os níveis de escolaridade, com salários de até R$ 5,2 mil

Acaba de sair o edital do concurso Prefeitura de Caeté, no estado de Minas Gerais, com o intuito de preencher 149 vagas de todas as escolaridades. As remunerações variam de R$ 1.045 a R$ 5.263,58.

Concurso Prefeitura de Caeté MG – vagas

Os interessados em prestar o concurso Prefeitura de Caeté MG e possuir nível fundamental incompleto poderão optar entre os cargos de: auxiliar de serviços gerais (9 postos), coveiro (4), gari (2), mecânico (1), oficial de obras e serviços (4), operador de máquinas (4), operário (9) e vigia (2). Já candidatos que concluíram esse ciclo escolar podem prestar o exame para as funções de: monitor de esportes (4) e motorista (9).

Quem possui o ensino médio/técnico completo poderá se candidatar às oportunidades de: agente comunitário de saúde (58), agente de endemias (1), almoxarife (2), atendente de educação infantil (5), auxiliar de tributação (1), fiscal de meio ambiente (1), fiscal de obras (1), fiscal de posturas (1), fiscal de rendas (2), fiscal de trânsito (1), fiscal sanitário (1), oficial administrativo (4), secretária escolar (1), técnico em informática (4), técnico em meio ambiente (1) e técnico em saúde bucal (2).

Já os candidatos com diploma universitário, as chances são para as carreiras de: arquiteto e urbanista (1), contador (2), dentista (2), enfermeiro (1), engenheiro civil (1), farmacêutico bioquímico (1), fisioterapeuta (1), fonoaudiólogo (1), médico do trabalho (1), pedagogo (1), procurador (4), professor de educação infantil e ensino fundamental (1) e terapeuta ocupacional (1).

Prazo de inscrições

Os candidatos deverão se inscrever para o concurso Prefeitura de Caeté entre os dias 4 e 20 de maio, exclusivamente pelo site da banca que organiza o certame, que neste caso é a empresa Nosso Rumo.

As taxas de participação variam de acordo com o cargo pretendido, sendo:

  • R$ 47,50 (ensino fundamental);
  • R$ 56,50 (médio);
  • R$ 72,50 (superior).

Em caso de dúvidas e demais informações, os participantes poderão entrar em contato com a banca organizadora pelo seguinte número de telefone: (11) 3664-7878.

Fases do certame da Prefeitura de Caeté

O concurso Prefeitura de Caeté será constituído por uma prova objetiva (destinada a todas as vagas) e uma dissertativa (apenas para o cargo de procurador). Ambas estão agendadas para o dia 31 de maio.

As demais fases do processo seletivo englobam: análise de títulos para pedagogo, professor e procurador; e exame prático para coveiro, operador de máquinas, mecânico e motorista.

Fonte: JC Concursos

*Foto: Divulgação / Google Street View

Tesouro fará leilões extraordinários de títulos públicos

Em função do coronavírus, leilão de Letras Financeiras do Tesouro Nacional foi cancelado e será remarcado

Sob coordenação do Banco Central, o Tesouro Nacional fará uma série de leilões extraordinários de compra e venda de títulos públicos até a próxima quarta-feira, dia 18. O objetivo da medida é dar suporte aos investidores em meio à tensão causada pela pandemia de coronavírus.

Leilões extraordinários do Tesouro Nacional

O Tesouro Nacional realizará os leilões de hoje (12) e ainda nos dias 13, 16, 17 e 18 de março de 2020. Já as condições das ofertas serão divulgadas no dia dos leilões.

A medida está sendo tomada em “em razão das condições vigentes no mercado financeiro”, afirma o Tesouro. Ainda em nota:

“O objetivo da atuação é fornecer suporte ao mercado de títulos públicos, garantindo bom funcionamento desse e de outros mercados correlatos.”

Cancelamento do leilão de LFTs

No mesmo comunicado foi informado sobre o cancelamento do leilão de LFTs (Letras Financeiras do Tesouro Nacional), que aconteceria nesta quinta-feira (12) e que agora será remarcado em um momento mais oportuno.

A justificativa seria em função das condições atuais do mercado. Portanto, neste caso foi melhor cancelar o evento, enquanto outros leilões de venda e compra são realizados. Sendo assim, o governo tenta conter os ânimos, principalmente, no mercado de juros, conforme nota divulgada:

“O Tesouro Nacional seguirá acompanhando a evolução das condições de mercado.”

Efeitos do coronavírus

A pandemia de coronavírus tem dominado as mesas de operações. Nesta quinta-feira (12), pouco tempo após a Bolsa brasileira abrir, o mecanismo de circuit breaker, que auxilia a brecar perdas maiores dos investidores, foi acionado duas vezes.

Tal mecanismo é utilizando no momento em que a bolsa cai 10% e os negócios são suspensos por 30 minutos. E após as quedas de 15%, é suspenso por uma hora. Nesta quinta, o índice sofreu queda de 15,43% pela manhã.

Com isso, este já é o quarto circuit breaker que acontece essa semana, decorrente da piora da percepção dos prejuízos que são gerados pelo coronavírus sobre a economia mundial.

Fonte: Folha de S. Paulo

*Foto: Divulgação

Stone Pagamentos prorroga inscrições até 20 de março

Com o intuito de encontrar os melhores profissionais do Brasil, o programa Recruta Stone 2020 prorrogou suas inscrições; os interessados em participar precisar ter idade acima de 18 anos

A empresa de sistema de pagamentos, a Stone, prorrogou o período de inscrições para a realização do 12º Recruta Stone. A decisão foi tomada com o objetivo de encontrarem os melhores talentos do país. Os candidatos devem ter acima de 18 anos e poderão se inscrever no processo seletivo até o dia 20 de março.

Segundo a assessoria de imprensa da fintech, os avaliadores não usam a formação superior ou o curso de graduação do candidato como fatores determinantes para sua continuidade na seleção ou aprovação final.

Recruta Stone 2020

A proposta do Recruta Stone se diferencia dos demais processos seletivos tradicionais por levar em consideração o histórico de cada participante, que engloba: suas conquistas, a vontade de querer aprender e evoluir profissionalmente.

A fintech de sistemas financeiros espera atrair por meio do programa pessoas que possuam energia, inteligência e integridade. Que estas características e qualidades sejam capazes de influenciar alterações por onde passem e que estas pessoas também estejam dispostas a resolver problemas e ainda encarar grandes desafios, sempre com ética e autenticidade, como explica Lívia Kyga, que entrou na empresa pelo Recruta Stone, e hoje é líder de atração de talentos e uma das organizadoras do programa:

“O Recruta Stone é o maior ritual de cultura da empresa e promove uma verdadeira jornada de autoconhecimento e desenvolvimento aos candidatos. Vai muito além de um processo seletivo, pois buscamos realmente que todos os candidatos saiam do processo melhores do que ingressaram, seja por meio das reflexões que sugerimos que sejam feitas, dos conteúdos que enviamos semanalmente ou pelos feedbacks recebidos.”

Inscrições e processo seletivo

As inscrições são feitas exclusivamente pelo site da empresa e os novos recrutas da Stone serão conhecidos em junho, que é o mês previsto para a conclusão do processo.

O Recruta Stone tem nove etapas de processo, entre as quais: testes online, questionário sobre a vida pessoal do participante, leitura de livros, entrevistas com líderes e fundadores da fintech, além de convivências em grupo e apresentação de cases.

O programa também tem o objetivo de proporcionar autoconhecimento e desenvolvimento para todos os candidatos, independente do resultado.

Os contemplados nos processo de seleção passam seis meses conhecendo os clientes da Stone e o funcionamento de todos os departamentos da companhia. Os novos recrutas desenvolvem projetos de alto impacto, acompanhados por uma equipe de mentores juntos aos principais líderes da empresa. Após este tempo, os aprovados podem escolher qual time desejam fazer parte.

Fonte: UOL Empregos

*Foto: Divulgação