Veja as normas de etiqueta que jamais sairão de moda

veja as normas de etiqueta que jamais sairão de moda

Mesmo que hoje muitas empresas tenham maior flexibilidade com vestimentas, entre outros fatores, existem normas de etiqueta que jamais sairão de moda. E quem deseja se aperfeiçoar mais como profissional é bom seguir algumas destas práticas no dia a dia.

Quando a pessoa exerce um trabalho em uma grande empresa é preciso estar atento ao ambiente que o cerca. Isso diz respeito a construir bons relacionamentos. Não é necessário adorar o seu colega. Porém, tratá-lo com respeito e educação é o mínimo. Até esta pessoa por quem você não nutre tanta simpatia, possui sentimentos como qualquer ser humano.

Lidar com emoções

Saber lidar com as emoções em um ambiente corporativo ou até mais descontraído, como uma startup, é fundamental para o bom funcionamento de toda equipe. Além disso, é também ter uma boa reputação perante a eles.

Segundo a CEO da empresa Etiqueta Empresarial, Maria Aparecida Araújo:

“Existem cinco emoções primais do ser humano, e elas são as mesmas desde o tempo das cavernas: alegria, tristeza, raiva, medo, nojo e surpresa”.

Portanto, é aconselhável que a pessoa opte em demonstrar comportamentos que despertem mais a alegria de seus companheiros de trabalho. É bom evitar atitudes que possam desencadear danos aos demais.

Normas de etiqueta

As normas de etiqueta também dizem respeito à educação no ambiente corporativo em relação a não ferir a autoestima do outro. É manter uma boa relação com todos, mesmo que você não goste de determinada pessoa. É importante saber ouvi-la, pois ela pode ter ideias interessantes para dividir com todo pessoal. Tratar todos bem gera suavidade no local de trabalho e ainda lhe abrir portas.

Não ser o centro das atenções

Novamente, saber ouvir o que os outros têm a dizer é fundamental em relação às normas de etiqueta dentro de uma empresa. O local de trabalho não é um espaço para se autopromover no sentido de querer sempre se sobressair aos demais, não dando o devido espaço para que eles também contribuam para o sucesso da empresa. Segundo Maria Aparecida, as companhias apreciam mais os funcionários que sabem ouvir os demais.

Educação é tudo

Mesmo na correria do dia a dia em uma empresa é essencial a pessoa ser educada. É o que resalta a especialista em etiqueta contemporânea, Silmara Adad. Ela diz que o colaborador não deve se esquecer de dar um bom dia, pedir ‘por favor’, agradecer por algo e também se desculpar quando necessário. Ela conclui que sempre devemos demonstrar atenção ao colega. E isso não importa se o ambiente de trabalho é mais formal ou descontraído. A prática vale ainda para as mensagens de texto, tanto em e-mails como recados via WhatsApp.

Além disso, ser pontual e manter a palavra em é fundamental para construir uma boa reputação na empresa. Caso não consiga cumprir com algo, avise os responsáveis. Jamais deixe alguém esperando, seja em reunião, ou alguma parte de trabalho que dependia de você para ser concluído.

Saber ouvir uma crítica

É normal que um ambiente corporativo em algum momento ser chamado a atenção por algo que possa ser melhorado. No entanto, a pessoa que precisar chamar atenção de alguém deve fazer em particular, jamais na frente de todos com o intuito de humilhá-lo.

Na hora de chamar atenção, reservadamente, opte por dizer à pessoa que ela realizou um bom trabalho. Isso gera um ponto positivo para quem está ouvindo a crítica. Em seguida, diga que alguns pontos podem ser alterados de modo a melhorar o resultado. Por fim, adote uma postura que passe confiança ao outro no sentido de que ele é capaz e competente para desempenhar tais modificações.

Outro fator importante é em hipótese alguma falar mal de um colega pelas costas, pois pode ser prejudicado no futuro. Neste ponto, as especialistas são categóricas em dizer que se não tem nada que agregue para falar de alguém, simplesmente fique calado.

Vestimenta

Por mais que tenham empresas mais descoladas, como no caso das startups ou outro setores da economia, nem tudo é liberado. É preciso ter prudência ao se vestir. Ou seja, se vai a uma reunião em cliente, deve se vestir adequadamente.

No caso de bancos, já existem locais em que uso da gravata está sendo deixado de lado. No entanto, é preciso saber se isso diz respeito à função que desempenha neste local.

Além disso, é importante acatar regras ligadas aos sentidos, como: audição, olfato e tato, frisa Maria Aparecida. Quem quer se destacar em uma empresa não deve utilizar perfumes muito fortes. Também é bom evitar levar lanches com temperos acentuados, empesteando o ambiente. Cuidado com o hálito é fundamental e evitar cutucar as pessoas ao falar com elas. Por fim, se comunicar em um tom muito alto pode atrapalhar os outros funcionários, de acordo com a especialista.

Fonte: revista EXAME – Carreira S.A

*Foto: Divulgação