Vale: mudanças no comando do conselho administrativo

vale - mudanças no comando do conselho administrativo

Substituição é definida logo após acionistas determinarem como será composto o novo colegiado da empresa

A Vale anunciou no início de maio o novo presidente do conselho administrativo da companhia. Responde pelo cargo agora, José Maurício Pereira Coelho, presidente da Previ (Fundo de Pensão dos Funcionários do Banco do Brasil). Em nota da mineradora, Coelho entra no lugar de Gueitiro Matsuo Genso, que atuava na função desde 2016.

CURRÍCULO DO NOVO PRESIDENTE DO CONSELHO E OUTRAS MUDANÇAS

Desde 2009, José Maurício assumiu várias ocupações no Banco do Brasil antes de presidir a Previ, em julho de 2018. A Bradespar, Previ e outros fundos de pensão são controladas pela Vale.

Sobre o presidente anterior, a Vale reconheceu em comunicado as “relevantes contribuições” de Genso durante o tempo de permanência no cargo.

A alteração do comando do conselho vem logo após os acionistas da mineradora terem decidido no fim de abril a nova formação do colegiado. Atualmente, a organização conta com 13 integrantes.

As mudanças desdobram-se ainda em função do rompimento de uma barragem da empresa, em Brumadinho (MG), em janeiro desse ano. O desastre deixou centenas de mortos, além de implicar a Vale em diversos processos judiciais. O episódio também chamou a atenção das autoridades para os efeitos da falta de segurança em barragens de mineração.

De acordo com fontes do setor, as alterações de comando também dizem respeito à busca de uma nova estratégia. O objetivo é elevar o nível de segurança operacional, que inclui ainda um projeto de recuperação ambiental e social na região de Brumadinho.

NOVO DIRETOR-PRESIDENTE

Antes do anúncio de Pereira Coelho para presidir o conselho administrativo, a mineradora nomeou como diretor-presidente Eduardo Bartolomeo. A escolha de Eduardo foi realizada a partir de uma lista de executivos preparada pela companhia internacional Spencer Stuart. O novo diretor já faz parte do quadro de funcionários da Vale há dez anos. Ele substitui Fabio Schvartsman que continua na mineradora no cargo de diretor-executivo. Porém, no momento ele se encontra em “situação de afastamento”, segundo comunicado da Vale.

*Foto: Divulgação