Projeto Velho Amigo traz vida às pessoas da terceira idade

premio bem envelhecer terá segunda edição

O Projeto Velho Amigo, em parceria com a consultoria Hype60+ e a empresa Intemsa foram os responsáveis pela segunda edição do prêmio Bem Envelhecer.

A ONG que atua para a inclusão social da terceira idade, atende hoje 18 entidades filantrópicas e gerencia um centro de convivência do idoso em Heliópolis (zona sul de São Paulo).

De acordo com Regina Helou, vice-presidente do Projeto Velho Amigo, para que as pessoas com mais de 60 anos tenham uma maior qualidade vida, ela vai depender como os mais jovens enxergam os mais velhos.

O prêmio Bem Envelhecer é uma iniciativa que de uma maneira geral ampara o idoso e o convida a se expressar por meio das redes sociais.

Atualmente, grande parcela da terceira idade interage com amigos e famílias por meio do Facebook, Instagram e até Twitter.

Já não se pode mais associar uma pessoa mais velha àquele estereótipo de um indivíduo ranzinza e rabugento que só fica em casa vendo TV ou tricotando.

Hoje, essa parte da população mundial desempenha papel fundamental na sociedade de consumo, principalmente do entretenimento.

E é aí que entra a internet. Eles podem postar seu cotidiano pelo Instagram. Pode ser uma imagem desde uma ida a uma festa de família até um salto de paraquedas para os mais “radicais”.

Segundo a fundadora da consultoria Hype60+, Layla Vallias, que atua com marketing focado para os mais velhos, ainda há preconceito com fotos postadas por idosos.

De um lado, uma imagem que passa fragilidade e de outra uma cena de comportamento considerado menos normal, como de um idoso fazendo uma tatuagem pela primeira em uma idade mais avançada.

Tanto o Projeto Velho Amigo como a Hype60+ querem chamar a atenção de que existe sim vida na terceira idade e que ela pode ser tão prazerosa como na juventude.

A importância da geração que já nasceu em frente a um computador interagir com a dos idosos é fundamental para que ambos aprendam um com o outro.

Uma das maiores lições que os dois grupos pode tirar desses encontros, mesmo que virtuais, é o respeito que cada ser humano merece e não importa sua raça, classe social, gênero ou faixa-etária.

PESQUISA

Segundo dados levantados pela Hype60+ em parceria com a empresa Pipe.Social, por meio de pessoas entrevistadas acima dos 55 anos, em relação à área de saúde, apenas 53% possui convênio médico.

No quesito trabalho, a pesquisa apontou que 60% dos entrevistados se declaram como sendo os responsáveis por metade da renda bruta de seus lares.

Já 29% afirma que são os únicos provedores do sustento de toda família.

Em atividades de lazer e descanso, 43% dos entrevistados disseram que gastam até quatro horas diárias com este tipo de programação.

Porém, 44% preferem sair de casa e frequentar espaços ao ar livre, como parques e praças.

*Foto: Divulgação