Parceria entre duas startups zera fraudes no setor automotivo

inteligência artificial de startup barra fraudes no setor automotivo

A startup ZasCar, especializada em aluguel de veículos, conseguiu zerar fraudes do segmento de carros compartilhados. O motivo foi a empresa utilizar o sistema de outra startup, a Idwall.

A tecnologia é baseada no uso de inteligência artificial que permite automatizar o cadastro de novos clientes da ZasCar. A companhia possui 130 carros, todos na Grande São Paulo, que são utilizados por meio de aplicativo.

Sistema da Idwall

Quando a pessoa faz o cadastro na empresa de locação de carros, ela precisa fazer uma selfie na hora. Esta imagem será comparada a dos documentos do usuário, que podem ser enviados por meio de fotos. Também serão pedidos alguns dados pessoais para uma checagem mais completa.

Além disso, uma análise de bancos de dados públicos é utilizada para saber se o contratante tem antecedentes criminais, se o seu nome é apontado como um bom pagador em lista fornecida por birôs de crédito. Após esta verificação cada cliente novo recebe uma nota de risco, de acordo com o sócio da Idwall, Lincoln Ando.

Análise

Com base nestes trâmites de análise, a ZasCar determina se aquele usuário em questão pode fazer parte de seu cadastro. Caso seja necessário, mais informações serão solicitadas pela startup para aprovar a identidade do cliente.

Segundo o presidente-executivo da ZasCar, Guilherme Mosaner, é conseguir conciliar o uso de um cadastro simples e prático, que não permita que o cliente desista de preencher no meio do caminho mas que, ao mesmo tempo, seja seguro para a empresa. Mosaner afirma:

“Precisamos de um cadastro rápido, ao mesmo tempo em que oferecemos algo de muito valor. Uma fraude dá um prejuízo muito grande, de até R$ 50 mil”.

Antes do uso da inteligência artificial, o registro de todo novo cliente passada por análise de um funcionário da startup de veículos. Porém, este profissional confirmava o cadastro de acordo com dados fornecidos pelo novo usuário.  Hoje, a maioria das inscrições é toda realizada pela tecnologia da Idwall.

Mosaner ressalta que antes desse sistema de inteligência artificial eles enfrentavam alguns obstáculos para confirmar a identidade do cliente. Além do fato que não se podia perder muito tempo com esta análise, principalmente com a chegada de novos cadastros. O Natal é uma época do ano em que a ZazCar recebia 10 vezes mais registros que o habitual.

O presidente-executivo também diz que sem o uso desse sistema a porcentagem de carros perdidos era de 1% a 2%. Essa estimativa diz respeito a veículos que eram roubados com a utilização de identidades falsas. Atualmente, depois de um ano da implantação da tecnologia, não houve notificação de nenhum caso de fraude.

*Foto: Divulgação – Lucas Matuda