Concursos da Marinha: último dia para se inscrever

Termina nesta quarta-feira (27) o período de inscrições dos concursos da Marinha, para os interessados em ingressar no Corpo de Saúde (CSM). Foram lançados dois editais com a abertura de 146 vagas para médicos, cirurgiões-dentista, enfermeiros, farmacêuticos e nutricionistas, todos para ocupar o posto de Primeiro-Tenente.

O Serviço de Seleção do Pessoal da Marinha (SSPM) lançou dois editais, o primeiro traz informações sobre a contratação de profissionais para o Quadro de Médico e o segundo dos demais profissionais que vão compor o Quadro de Cirurgião-Dentista e o Quadro de Apoio à Saúde.

Após serem aprovados na seleção inicial, os concorrentes seguem para o Curso de Formação de Oficiais. Durante o curso, os candidatos à vaga de efetivação recebem R$6.625,00 e após a efetivação, os salários variam em torno de R$9.000,00. Estão previstos auxílio alimentação, assistência médica, odontológica e psicológica durante todo o treinamento e após assumirem o seu posto oficial.

Informações gerais dos concursos da Marinha

Informações dos Concursos da MarinhaFonte: Reprodução / Flickr Rob Schleiffert

Os concursos da Marinha vão selecionar entre homens e mulheres com menos de 36 anos, brasileiros natos, que estão em dia com as suas obrigações do Serviço Militar e da Justiça Eleitoral. O candidato não pode estar na condição de réu em ação penal e não ter sido nos últimos cinco anos.

Para os candidatos que são ex-integrantes de qualquer Força Armada ou de Força Auxiliar, não podem ter sido afastados por demição. Além disso, é importante ter concluído o curso superior relativo à profissão a que concorre, estar registrado ou possuir protocólo de inserção de registro no órgão fiscalizador da sua profissão.

Para as vagas oferecidas no Quadro de Médicos em esfera regional, o candidato deve possuir, obrigatoriamente, até a data do início do Curso de Formação de Oficiais, o certificado de conclusão do curso de residência médica em serviço credenciado pelo Ministério da Educação, ou o título de especialista reconhecido pela sociedade de especialidade médica pertinente.

Esses candidatos deverão ingressar na Marinha como especialistas, não estando previsto, na sua carreira militar, a realização obrigatória de cursos de pós-graduação à nível lato sensu, para fim de obtenção de título de especialista. Os médicos das forças armadas podem atuar também no Sistema Único de Saúde (SUS).

Como funciona a prova da Marinha?

A partir de 02 de agosto, os candidatos inscritos devem consultar a página do SSPM, para confirmar data, local e horário da prova. Para cada especialização será aplicada uma prova objetiva composta por 50 questões, que serão elaboradas com os conteúdos listados no anexo III dos editais.

A redação é separada por dois aspectos importantes: estrutura / conteúdo e expressão. No primeiro caso, são levadas em consideração a coerência e a coesão do texto, que valem 30 pontos, o título e o assunto escolhido valem 20 pontos, já expressão tem a maior pontuação, 50 no total.

Antes de começar a estudar, leia com atenção os editais de sua área de formação, neles, existem um anexo com os conteúdos que serão cobrados para cada área. Crie um planejamento de estudos prevendo a sua rotina até o dia de realização da prova.

Para se inscrever acesse www.marinha.mil.br ou vá até a Organização Militar da Marinha mais próxima. A taxa da inscrição é R$120,00.